Ervas

Sálvia – O que é, Para que Serve, Benefícios e Malefícios

Sálvia - O que é, Para que Serve, Benefícios e Malefícios

Sálvia – O que é, Para que Serve, Benefícios e Malefícios! Hoje aqui no site horta em casa você irá ficar por dentro de algumas informações importantíssimas sobre essa erva maravilhosa que é a Sálvia. O vegetal é uma erva medicinal muito utilizada na medicina natural, principalmente sob a forma de infusão. Além disso, a erva não é usada somente para fins medicinais ela também pode se usada na culinária, como planta ornamental e também em produtos de beleza.

Portanto nós aqui do site horta em casa selecionamos algumas informações importantíssimas sobre a Sálvia – O que é, Para que Serve, Benefícios e Malefícios.

Sálvia
Sálvia

O que é a Sálvia?

A Sávia cujo nome cientifico é Sálvia officinalis é uma hortaliça pertencente a família botânica Lamiceae, originária do mar mediterrâneo. A erva é muito utilizada para o tratamento de muitas enfermidades, por isso, ela também é considerada uma planta medicinal.  Além disso, a planta também é bastante utilizada em preparações culinárias de todo o mundo e ainda pode ser usada como planta ornamental em jardins, devido suas belíssimas flores.

A planta possui uma coloração de cor verde-acinzentado, suas folhas são peludas (textura de veludo) e possui flores lilases que embelezam qualquer lugar, porém as cores e as características podem variar de acordo como o tipo de Sálvia. A seguir citaremos os tipos de Sálvia, porém os benefícios e propriedades que citaremos nesse artigo são referentes a Sálvia officinalis.

Essa planta é muito rica em muitas propriedades benéficas a saúde em geral, entre suas muitas propriedades se destacam as propriedades:

  • Anti-séptica;
  • Desodorante;
  • Anti-inflamatória;
  • Antioxidante;
  • Aromática;
  • Cicatrizante;
  • Antirreumática.

Além disso, para tirar proveito de todas as propriedades da Sálvia as partes que você deve utilizar são suas  folhas e as sumidades florais. Sendo que ao adquirir a planta se cerifique de estar levando para  casa uma planta livre de compostos químicos, nesse caso aconselhamos comprar a Sálvia em lojas de produtos naturais especializadas ou em farmácias de manipulação, outra alternativa é plantar seu próprio pé de Sálvia (para isso veja nosso outro artigo que ensina Como Plantar Sávia em Casa).

Essa planta medicinal além da denominação Sálvia também é popularmente conhecida como salva ou salva-das-boticas, além disso, ao fazer o chá das folhas, devido as suas propriedades medicinais, você pode está curando varias enfermidades que possam afetar o seu organismo, sendo que entre as principais doenças que podem ser tratadas pelo uso do chá dessa erva estão a menopausa, calvície, Alzheimer, Estomatites, Gengivite, Reumatismo, Depressão, Doenças cardiovasculares, Aftas, Diabetes e Bronquites.

Todos as propriedades e benefícios que a Sálvia fornece ao nosso organismo são consequências de seu amplo teor de componentes fitoquímicos, vitaminas, minerais e antioxidantes como os flavonoides fenólicos e luteolina.

Valor Nutricional da Sálvia:

A Sálvia é uma fonte de muitos nutrientes benéficos para a saúde em geral, veja a lista de nutrientes que você poderá está ingerindo ao usar essa erva.

  • Vitamina A,
  • Vitamina C,
  • Vitamina K
  • Vitamina E,
  • Riboflavina,
  • Piridoxina,
  • Tiamina
  • Cobre,
  • Fibra,
  • Cálcio,
  • Ferro
  • Fibras,
  • Magnésio,
  • Flavonoides fenólicos,
  • Luteolina,
  • Ácido fólico,
  • Magnésio,
  • Cobre.

Como usar:

A Sávia pode ser utilizada de forma integral, sendo que suas folhas e flores podem ser utilizadas para fazer óleo de Sálvia, extratos, tinturas e chás, além disso, como relatado anteriormente a Sálvia pode ser utilizada para o preparo de refeições.

Benefícios da Sálvia
Benefícios da Sálvia

Benefícios da Sálvia:

Conheça os principais benefícios da Sálvia para a sua vida e entenda porque você deve adicionar essa maravilha nutricional à sua rotina alimentar.

Auxilia na Indigestão:

Por se tratar de um tônico estimulante a erva pode atuar no tratamento de condições gastrointestinais e dispepsia, além disso, pode auxiliar também em problemas relacionados ao funcionamento gástrico, esse efeito é produzido pelo consumo da infusão de folhas de Sálvia.

Melhora a Saúde Dental:

A erva tem propriedades antissépticas, por isso beneficia a saúde bucal, para isso basta que você utilize essa erva como um enxaguante bucal. Além disso, o uso da Sálvia como enxaguante ainda ajuda no  tratamento de gengivas, infecções da garganta e úlceras.

Retarda o Envelhecimento:

Como foi relatado no valor nutricional da Sálvia ela possui antioxidantes em sua composição, sendo os principais os flavonoides fenólicos e a luteolina. Esses antioxidantes, entre outras múltiplas funções em nosso organismo, também atuam no combate dos radicais livres causadores do envelhecimento precoce.

Combate a Asma:

A planta possui um efeito conhecido como efeito antiespasmódico, isso significa que se você fizer uma infusão com as folhas de Sálvia e inalar o vapor, ela irá  prevenir o ataque de asma , além disso a Sálvia pode também amenizar a tensão nos músculos lisos.

Controla o Diabetes:

Essa planta medicinal é capaz de reduzir os níveis de “açúcares” na corrente sanguínea, pois ela possui propriedades anti-hiperglicêmicas.

É Antisséptica:

A Sálvia pode ser utilizada para desinfetar e sarar ferimentos, principalmente se você possui dificuldade para cicatrização. Para isso basta colocá-la sobre o local de ferimento,  ela ainda ajuda na reocupação e na regeneração do ferimento.

Combate gripe e resfriado:

Esse beneficio se deve a presença de vitamina C.

Promove a Saúde do Cérebro:

A erva pode contribuir para a saúde do cérebro e da memoria por ser rica em propriedades antioxidantes e vitaminas do complexo B, por isso, ela pode ainda prevenir a doença de  Alzheimer.

Combate a anemia:

A Sálvia pode ainda ajudar no combate a anemia ferropriva, por ter ferro e vitamina C entre seus nutrientes. O ferro atua na produção de células vermelhas no sangue, já a vitamina C atua auxiliando na absorção do ferro pelo organismo.

Confira no vídeo outros Benefícios da Sálvia para Saúde!

Tipos de Sálvia: 

Salvia Officinalis_Salvia Officinalis:

A mais poderosa no campo da medicina natural. Ela tem, entre outras,  propriedades antiespasmódicas, emenagogas, antissépticas, estimulante, etc.

A Sálvia Hispanica, ou “Chia”:

Muito popular no México, o nome comum para suas sementes, considerado o cereal com a maior concentração de Omega 3 no mundo. Estas sementes tendem a ser usadas para preparar uma refeição chamada “pinole”, que não tem glúten e é muito rico em nutrientes.

Sage vermelho, ou Sálvia Splendens:

nativa do Brasil, é amplamente utilizada como planta ornamental devido a cor vívida vermelha de suas flores, a erva contém componentes psicoativos. Além disso, pessoas experimentaram alucinações com essa planta, pois seus efeitos tendem a ser muito desagradável e perturbador.

Tipos de Sálvia
Tipos de Sálvia

La Salvia Sclarea, também chamada de “Roman Sage”:

Original do centro da Ásia e do Mediterrâneo, espalhou-se por ser muito utilizada como planta aromática. Seu cheiro pungente é considerado desagradável por algumas pessoas, mas para outros é altamente atraente.

Salvia Apiana, mais conhecida como “Branco sábio”:

esse tipo deve seu nome a seus cachos de flores brancas, com algumas manchas ou listras cor de lavanda. Nativos americanos usavam esse tipo de Sálvia para afastar os maus espíritos e purificar o corpo.

Salvia Nemorosa:

Esta variedade é amplamente utilizada como planta ornamental, embora ela compartilhe com outras qualidades medicinais. Suas folhas foram usadas na medicina antiga turca como cataplasmas para curar feridas.

Como fazer o Chá de Sálvia:

Ingredientes:

  • 1,5 g (três a quatro colheres de café) das folhas da Sálvia;
  • 150 ml (uma xícara de chá) de água.

Modo de Preparo:

  • Prepara-se uma infusão com as folhas da Sálvia.
  • Faça isso levando a água ao fogo e, após levantar fervura, acrescente as folhas da Sálvia já com o fogo desligado.
  • Feito isso, basta deixar o recipiente tampado por alguns minutos e depois é só coar.
  • Utilize uma xícara de chá de duas a três vezes durante o dia.
  • É importante seguir a recomendação de uso, pois o uso em excesso do chá pode ter efeitos colaterais.
Chá de Sálvia
Chá de Sálvia

Efeitos Colaterais e Contraindicações da Sálvia:

Como nem tudo são flores, a Sálvia possui algumas contraindicações. A planta por estimular as contrações uterinas não pode ser consumida por mulheres gravidas ou com suspeita de gravidez, pois pode levar ao aborto. Além disso, ela é contraindicada também para as mulheres que estão amamentando, por reduzir a quantidade de leite.

A Sálvia pode ser tóxica ao ser consumida em excesso,  isso pode causar problemas no sistema nervoso e causar braquicardia. Uma dica útil para amenizar os efeitos malefícios que a Sálvia pode causar é misturá-la como outras plantas medicinais, por exemplo, no caso do consumo da erva causar efeitos anti-sudoríferos, você pode usar borragem ou verbena para cortar esse efeito, no caso de usá-la como antisséptica  procure combinar a erva com a tormentilha ou salsaparrilha.

Além dessas plantas você pode estar usando ainda anis e camomila juntamente com a Sálvia para problemas cognitivos. Além dessas contraindicações pacientes que possuem pressão alta, que tenha sido submetidos recentemente a cirurgias e pacientes que sofrem com convulsões não podem fazer uso da erva.

Por fim, pacientes com diabetes devem tomar cuidado com o chá de Sálvia, pois a mesma pode levar a um quadro de hipoglicemia.

O Site horta em casa agradece por poder informar e formar pessoas em conhecimento sobre as diversidades dos alimentos (frutas, legumes, etc.) e de como plantá-los, além disso, espero que tenha gostado de nosso artigo de hoje, Sálvia: O que é, Para que Serve, Benefícios e Malefícios! E se você é uma daquelas pessoas que amam Sálvia confira nosso outro artigo que ensina Como Plantar Sálvia em Casa.

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

Alan costa

Sou formado em Botânica e Ciências das Plantas pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul, sou um amante da vida natural, é focado em sempre levar boas informações aos leitores.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *