Ervas

Dente de Leão: O Que é, Para que Serve, Benefícios e Malefícios

Dente de Leão: O Que é, Para que Serve, Benefícios e Malefícios

Dente de Leão: O Que é, Para que Serve, Benefícios e Malefícios! Hoje aqui no site horta em casa você irá ficar por dentro de algumas informações importantíssimas sobre essa erva maravilhosa que é o Dente-de-leão. Muito conhecida por sua beleza natural, e muita vezes descarta por inúmeros pessoas que não conhecem seus benefícios, essa planta medicinal pode ser utilizada para combater muitas enfermidades que afetam nosso organismo, além disso, ela pode ser também consumida em muitas preparações culinárias.

Portanto nós aqui do site horta em casa selecionamos algumas informações importantíssimas sobre o Dente de Leão: O Que é, Para que Serve, Benefícios e Malefícios.

Dente de Leão
Dente de Leão

O que é Dente de leão?

O Dente de leão cujo come cientifico é Taraxacum officinale é uma planta medicinal pertencente ao género botânico Taraxacum. Sendo que Dente de Leão é um termo amplo utilizado para muitos tipos diferentes de flores, que são nativas da Europa e América do Norte. Além disso, o gênero Taraxacum é bastante amplo, e as plantas pertencentes a esse gênero são plantas herbáceas e perenes que crescem muito bem em climas temperados. Também se reproduzem rapidamente e eficazmente, tornando possível colher um monte de Dente de Leão ao mesmo tempo.

Portanto Dente de Leão são na verdade flores, mas pode ser visto como uma erva daninha por jardineiros e aqueles que não querem uma planta de rápido crescimento e invasiva em seu quintal. Assim muitas pessoas cortam e arrancam os pés da planta e jogam no lixo, sem conhecer seus reais benefícios.

Além disso, muitas pessoas não sabem que essa planta é comestível, sim, você pode comer todas as partes de um Dente de Leão. Curiosamente, cada parte do  Dente de Leão é usada para vários benefícios de saúde e tratamentos alternativos, você pode fazer vinho de Dente de Leão, fritar a flor em bolinhos, fazer café e beber o chá, seu caule e as sementes também podem ser utilizados. Suas folhas tenras  ainda podem ser adicionadas a saladas e tortilhas.

Quanto ao seu sabor, a planta tem sabor amargo (devido suas propriedades hepatoprotetora) pelo qual você deve calcular a quantidade que deverá ser adicionada em cada preparação, para não prevalecer o sabor amargo da planta.

Essa planta não possui um cultivo comercial no Brasil, sendo mais predominante seu cultivo em países europeus. Contudo, bem que ela poderia ganhar uma escala maior de produção no país, já que ela pode utilizada para tratar muitas enfermidades que podem afetar nosso organismo tais como cálculos renais e problemas no fígado.

Valor Nutricional do Dente-de-leão:

O Dente de Leão é uma fonte de muitos nutrientes benéficos para a saúde em geral, veja a lista de nutrientes que você estará ingerindo ao usar essa erva.

  • Energia 45 kcal;
  • Água 85,60 g;
  • Carboidratos 9,2 g;
  • Açúcar 0 mg;
  • Fibra 3,5 g;
  • Proteína 2,70 g;
  • Vitamina A UI 10161;
  • Vitamina C 35,0 mg;
  • Vitamina E 3,44 mg;
  • Vitamina K 778,4 µ g;
  • Vitamina B – 9 27 µ g;
  • Cálcio 187 mg;
  • Ferro 3,10 mg;
  • Potássio 397 mg;
  • Magnésio 36 mg;
  • Magnésio 36 mg;
  • Sódio 76 mg.
 Benefícios do Dente-de-leão
Benefícios do Dente-de-leão

Benefícios do Dente de leão:

Conheça os principais benefícios do Dente de Leão para a sua vida e entenda porque você deve adicionar essa maravilha nutricional à sua rotina alimentar.

Funciona como diurético: 

A infusão de Dente de Leão é muito útil para situações onde você precisa aumentar a eliminação de líquidos do corpo, por exemplo, o excesso de ácido úrico, pedras nos rins e gota. Além disso, a infusão de Dente de Leão é muito útil para tratar casos de infecções do trato urinário e cistite.

Melhora a saúde dos ossos:

Dente de Leão tem grandes quantidades de cálcio, substância com base para fortalecer os ossos e aumentar o seu crescimento saudável, além disso, a planta  é rica em antioxidantes como vitamina C e luteína, que são benéficos para proteger os ossos dos danos relacionadas com a idade.

Beneficia o sistema digestivo:

A planta Dente de Leão, atua gerando um aumento na remoção de fluidos do corpo e têm propriedades digestivas, que melhora o trânsito intestinal.

Possui propriedades hepatoprotetora:

O chá de Dente de Leão é um depurador para o fígado, uma vez que ajuda a eliminar toxinas, facilitando a função do fígado.

É calmante:

Topicamente, em banhos ou aplicada diretamente no local é útil para aliviar a dor, varizes e hemorroidas.

Regula a pressão arterial:

A urina é uma forma eficaz de reduzir a pressão arterial. Na verdade, hoje a grande maioria das drogas para tratar a pressão arterial é baseada sobre esse fenômeno, de modo que o suco de Dente de Leão é bom, porque aumenta a micção como diurético, o qual se conclui na diminuição da pressão arterial. Além disso, reduz o colesterol  e contém potássio, ambos também contribuem para o equilíbrio da pressão arterial.

Reduz o colesterol:

O Dente de Leão possui propriedades Hipercolesteromiante, sendo que as fibras presentes no Dente de Leão também são úteis para reduzir o colesterol em nosso organismo, portanto, também ajuda a reduzir a pressão arterial, uma vez que o colesterol é um dos componentes que aumenta a pressão arterial.

 Benefícios do Dente-de-leão
Benefícios do Dente-de-leão

Cura a constipação:

Certos componentes do Dente de Leão, ou seja, altos níveis de fibras dietéticas, o torna  benéfico para a adequada saúde intestinal e auxilio da digestão. As fibras dietéticas estimulam os movimentos  do intestino, adicionam volume as fezes e também às vezes reduzem prisão de ventre, bem como a diarreia.

Evita transtornos da vesícula biliar:

O Dente de Leão também é muito benéfico para a vesícula biliar e fígado, pois melhora o seu funcionamento geral, protege-os de efeitos adversos de oxidantes e infecções e regula a secreção de vários órgãos.

Evita o câncer:

Altamente rico em antioxidantes, o Dente de Leão reduz os radicais livres (os principais agentes causadores de câncer) no corpo, reduzindo assim o risco de câncer. Ele também desintoxica o corpo, ou seja, protege contra o desenvolvimento de tumores e vários tipos de câncer.

Promove a perda de peso:

Nossa urina consiste em até 4% de gordura, então quanto mais urinamos, mais água e gorduras são perdidas, neste caso o dente do leão, sendo um diurético, promove a micção e, portanto, ajuda você a emagrecer,  sem causar qualquer efeito secundário. Além disso, a planta possui poucas calorias e promove a sensação de saciedade por ser rica em fibras.

Trata os distúrbios urinários:

Tendo em conta que é uma erva diurética de natureza, o Dente de Leão ajuda a remover os depósitos de toxinas dos rins e do trato urinário. As propriedades desinfetantes de leão também combate o crescimento microbiano no sistema urinário.

Controla o diabetes:

Suco de Dente de Leão pode ajudar pacientes diabéticos, estimulando a produção de insulina do pâncreas, mantendo assim o nível de açúcar no sangue baixa. Além disso, a propriedade diurética da planta aumenta a micção em pacientes diabéticos, isso ajuda a eliminar o excesso de açúcar no corpo. Esse beneficio também é útil para prevenir problemas renais em pessoas diabéticas, já que esses são mais propensos a desenvolverem problemas renais por causa dos depósitos de açúcares nos rins.

Combate anemia:

Anemia é caracterizada por fraqueza geral, problemas cognitivos e fadiga crônica. O teor de ferro no chá de Dente de Leão melhora a circulação e pode ajudar a prevenir esta condição.

Confira no vídeo outros Benefícios do Dente de leão para Saúde!

Como fazer o Chá de Dente de leão:

Ingredientes:

  • Folhas e flores de Dente de Leão (um punhado);
  • 1 litro de água.

Modo de Preparo:

  • Coloque as flores e folhas em uma panela juntamente com o litro de água e leve para ferver por 3 minutos.
  • Em seguida tampe e abafe;
  • É aconselhável consumir 2 a 3 xícaras diariamente.
Chá de Dente-de-leão
Chá de Dente-de-leão

Efeitos Colaterais e Contraindicações de Dente-de-leão:

A planta de Dente de Leão também possui algumas delimitações de consumo, ela é contraindicada para gestantes e crianças menores de 2 anos, além desses, devido sua propriedade diurética pessoas que sofrem de problemas cardíacos também não podem fazer uso da planta, pois pode levar a queda da pressão, náuseas, vômitos e reações alérgicas. Ainda estão inclusos nessa listas as pessoas que tem cálculos na vesícula.

Esta planta pode também ser perigosa para as pessoas que são alérgicas a certas plantas, como margaridas, girassóis, etc. Antes de adicionar este chá na sua dieta, recomendamos que consulte o seu médico e investigue se você pode fazer uso da planta.

Sendo que se você estiver fazendo uso de alguma medicação, também deve investigar se a planta pode causar efeitos adversos com o medicamento que você está usando, para isso também recomendamos que procure um profissional de fitoterapia.

O Site horta em casa agradece por poder informar e formar pessoas em conhecimento sobre as diversidades dos alimentos (frutas, legumes, etc.) e de como plantá-los, além disso, espero que tenha gostado de nosso artigo de hoje, Dente de leão: O que é, Para que Serve, Benefícios e Malefícios! E se você é uma daquelas pessoas que amam Dente de leão confira nosso outro artigo que ensina Como Plantar Dente-de-leão em Casa.

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

Alan costa

Sou formado em Botânica e Ciências das Plantas pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul, sou um amante da vida natural, é focado em sempre levar boas informações aos leitores.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *