Dicas uteis

Dicas de Como Fazer Mudas de Planta em Casa

Dicas de Como Fazer Mudas de Planta em Casa

Dicas de Como Fazer Mudas de Planta em Casa para deixar ambiente mais bonito, se você nunca fez isso antes, certamente tem muitas dúvidas e não sabe por onde começar. Mas garanto-lhe que é muito fácil e recompensador, basta ler atentamente esse artigo, onde mostramos os passos básicos a seguir para obter a melhor sementeira na vizinhança!

Portanto, nós aqui do site horta em casa selecionamos algumas informações importantíssimas sobre Dicas de Como Fazer Mudas de Planta em Casa e ressaltamos que, depois de saber dessas informações e aplicá-las você terá um belíssimo cultivo de plantas em sua casa.

dicas de como fazer mudas
dicas de como fazer mudas

Há várias razões para cultivar as mudas em estufa antes de transplantá-las para o campo: uma das mais óbvias é para proteger a semente e, portanto, o seu investimento, obter uma maior taxa de germinação, bem como plantas de qualidade superior.

A germinação sob ambiente controlado permite que o período produtivo da planta seja longo, além disso, permite a obtenção de retornos iniciais mais rápido.

Desta forma, você pode diminuir os custos associados à produção de transplantes. Outro fator importante a considerar, quanto a produção de mudas para transplantes, é o aumento na seleção de variedades de sementes.

Se você optar por essa opção e se você gosta de cultivar mudas, esse artigo foi feito especialmente para você, confira as dicas para obter uma boa muda de planta.

Dicas de Como Fazer Mudas de Planta em Casa:

1. Recipiente: 

como fazer mudas
como fazer mudas

Dependendo do espaço que você tem, escolha entre vasos de turfa ou panelas velhas e coloque em cada um deles 3 a 4 sementes de um tipo de vegetal, ervas aromáticas ou flores, além disso, também pode cultivar em floreiras, recipientes reciclados ou em um pequeno jardim, horta ou pomar.

Os viveiros servem para controlar o desenvolvimento das plantas e, assim, obter plantas mais fortes, bem como protegê-las de uma maneira mais fácil do frio.

2. Substrato: 

dicas de como fazer mudas
dicas de como fazer mudas

Podemos escolher pellets de turfa prensados que são muito confortáveis ​​e fáceis de usar. Basta adicionar um pouco de água e adicioná-lo ao substrato dentro do recipiente.

Em seguida, as sementes são semeadas e quando a planta crescer e desenvolver 3 a 4 folhas, será hora de transplantar diretamente para o local de cultivo definitivo para o seu pleno desenvolvimento. Desta forma, o dano é evitado ao realizar o transplante. Sendo que no momento do transplante o substrato onde foi cultivado a muda deve ser mantido.

3. Sementes: 

Dicas de Como Fazer Mudas
Dicas de Como Fazer Mudas

Nessa etapa você deve escolher o tipo de planta que deseja cultivar. Então qual semente você deseja cultivar, Sementes de vegetais? Sementes de plantas aromáticas? Ou de flores?

Porém, antes de escolher saiba que as plantas mais simples de cultivar podem ser:

Estufa ou Viveiro?

Estufa
Estufa

A estrutura que é mais adequada para produção de transplantes é a efeito estufa, localizada em um local ensolarado, bem drenada e orientada no sentido norte-sul para minimizar os efeitos da sombra da estrutura.

Dependendo da época do ano e em que região você mora, é possível precisar de aquecimento e ventilação. A alternativa mais econômica é as mudas, que também vão precisar de aquecimento.

Dicas Gerais de Como Fazer Mudas de Planta em Casa:

Mudas de Planta
Mudas de Planta

1. Sementes Frescas:

Use novas sementes ou que foram devidamente armazenadas em lugar fresco e seco. Além disso, como dissemos faça a seleção adequadamente, de modo que tenha sementes de qualidade e variadas.

2. Cultive em bandejas:

Bandejas planas permitem maior densidade de plantas, mas as células são melhores, pois evitam a necessidade de transplante, quando as plantas crescem.

Você também pode usar vasos de Moss, porém são mais caros do que as bandejas, mas com a vantagem de que a raiz não é danificada.

3. Substrato limpo:

O substrato deve estar livre de doenças, insetos e de sementes de ervas daninhas. Além disso, deve ser solto, bem drenado e ter uma textura fina. Como características desejáveis incluem-se retenção de umidade, boa drenagem e capacidade de retenção de nutrientes.

A maioria dos substratos comerciais contêm turfa musgo, vermiculita e perlita, um agente umectante e calcário. Alguns são equipados com N, P, K e micronutrientes.

É importante manter o substrato limpo, esterilizar as ferramentas e bandejas, e usá-las novamente, para fazer uma espécie de reciclagem.

4. Cuidados com a Fertilização:

Não assuma que o substrato vem “carregado” com fertilizante. Você deve aplicar o fertilizante em mudas que necessitam, fazendo uma mistura solúvel para a estufa de 20-20-20 duas ou três vezes por semana.

5. Critério de irrigação:

Irrigação
Irrigação

É melhor embeber o substrato antes da plantação para assegurar uma boa distribuição de umidade. Posteriormente, ele deve ser regado com cuidado para não “varrer” as sementes. Além disso, não  esqueça de regar os cantos, especialmente nas extremidades da “cova”.

6. Controle de Temperatura:

Regule o termostato de acordo com a característica da planta que está cultivando. Use um  ventilador, quanto a temperatura exceder 10 graus durante o dia para a noite.

Acima de tudo, não deixe que a estufa superaquecida. Pois em temperatura altas as mudas ficam francas e o transplante tem grandes chances de não dar certo.

7. Transplantes de qualidade:

Transplantes de qualidade devem mostrar certas características: tamanho médio, verde e saudável aparência.

8. Aclimatação gradual:

As plantas macias precisam se adaptar ao ambiente exterior. Para fazer isso, duas semanas antes do transplante para o campo, mova as mudas da área de sombra para o ar livre.

Gradualmente coloque as plantas ao sol por algumas horas por dia. Porem não faça isso, caso esteja ventando ou se as temperaturas tiverem abaixo de 7º C. Ademais, reduza a água fornecida, mas não permita que as mudas murchem.

9. Hora do Transplante:

Transplante de Muda
Transplante de Muda

Mudas de tomate estão prontas para o transplante cinco a sete semanas após o plantio. Uma vez aclimatadas, regue, pois as raízes precisam de rega suficiente para desenvolver a capacidade de abastecimento de água para si.

Para reduzir os possíveis danos às raízes você deve extrair as mudas de seus recipientes cuidadosamente, deixando a maior parte de substrato possível nas raízes.

Veja no Vídeo mais Detalhes de Dicas de Como Fazer Mudas de Planta em Casa! 

O Site horta em casa agradece por poder informar e formar pessoas em conhecimento sobre as diversidades dos alimentos (frutas, legumes, etc.) e de como plantá-los. Além disso, espero que coloque em prática tudo que você aprendeu nesse artigo que ensina Dicas de Como Fazer Mudas de Planta em Casa

Alan costa

Sou formado em Botânica e Ciências das Plantas pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul, sou um amante da vida natural, é focado em sempre levar boas informações aos leitores.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verifique também

Fechar