Frutas

Melancia: O que é, Para que Serve, Benefícios e Malefícios!

Melancia: O que é, Para que Serve, Benefícios e Malefícios!

Melancia: O que é, Para que Serve, Benefícios e Malefícios! que você conhecerá aqui no Horta em casa. Além disso, a melancia, também conhecida pelo seu nome científico Citrullus lanatus, é um membro da família das plantas conhecidas como Cucurbitaceae. A planta pontiaguda e de baixa altitude origina-se da África Austral e produz a fruta melancia. Acredita-se que a melancia tem o sabor doce graças à presença de um composto chamado cucurbitacina.

Melancia
Melancia

Hoje, estima-se que existam atualmente mais de 1.200 diferentes espécies de melancias cultivadas em todo o mundo, incluindo a melancia lanatus, a melancia doce e a melancia jubilar. Melancias de todas as espécies são carregadas com antioxidantes e têm sido associadas a uma ampla gama de benefícios para a saúde, como melhor saúde do coração, aumento da imunidade e aumento da perda de peso.

Hoje o blog Horta em Casa irá detalhar para que serve, Benefícios e Malefícios da Melancia. Confira:

Nutrientes da Melancia:

Melancias são composta de água, cerca de 92 por cento, mas esta fruta refrescante é cheia de nutrientes. Cada mordida suculenta tem níveis significativos de vitaminas A, B6 e C, fontes de licopeno, antioxidantes e aminoácidos. Existe até uma quantidade modesta de potássio.

Além disso, a melancia é livre de gordura, tem um baixo teor de sódio e tem apenas 40 calorias por xícara. Uma xícara de melancia em cubos (152 gramas) contém:

  • 43 Calorias;
  • 0 Gramas de gordura;
  • 2 miligramas de sódio;
  • 11 gramas de carboidrato (incluindo 9 gramas de açúcar);
  • 1 grama de fibra.

Uma xícara de melancia fornecerá a seguinte porcentagem de vitaminas diárias:

  • 17% de vitamina A;
  • 21% de vitamina C;
  • 2 % de ferro;
  • 1% de cálcio.

A Melancia também contém tiamina, riboflavina, niacina, vitamina B-6, folato, ácido pantotênico, magnésio, fósforo, potássio, zinco, cobre, manganês, selênio, colina, licopeno e betaína. A melancia contém mais licopeno do que qualquer outra fruta ou vegetal.

Para que serve a Melancia? 

A Melancia é uma fruta saborosa e muito refrescante, uma boa pedida para o verão. Ela pode ser consumida em fatias ou em pedaços, na forma de sucos ou em saladas de frutas.

Ela é muito consumida em regiões secas do continente africano, pois cerca de 92% do seu conteúdo é de água. Mas não é só a sua polpa que é comestível. Muitos locais fazem uso da casca e das sementes de melancia. Com a casca, pode ser feito conservas.

Para tal, são preferíveis os frutos de plantas de cultivo orgânico, pois as cascas estarão livres de pesticidas. Sementes assadas são consumidas pelos povos do Oriente Médio. Os indianos, por sua vez, preparam um pão com uma farinha feita a partir dessas sementes de melancia.

Benefícios da Melancia: 

Todos os componentes das melancias contribuem para o seu maior impacto positivo na saúde. Vamos explorar mais alguns detalhes sobre esses benefícios abaixo.

Trata Desordens Renais:

As melancias contêm potássio, o que é muito útil para limpar os depósitos tóxicos nos rins. Além disso, são úteis na redução da concentração de ácido úrico no sangue, reduzindo assim as chances de danos nos rins e a formação de cálculos renais. Além disso, por serem ricas em água, as melancias induzem à micção, o que é novamente útil para a limpeza dos rins.

Benefício da Melancia
Benefícios da Melancia

Evita a Desidratação:

A melancia é composta de 92% de água e é eficaz na redução da temperatura do corpo e da pressão arterial. Também ajuda a hidratar seu corpo durante o verão quente.

Previne o Câncer:

As melancias ganharam muita atenção nos últimos anos, principalmente devido ao seu impressionante nível de licopeno, um composto de fito nutrientes e carotenoides que está cada vez mais ligado à prevenção do câncer. O licopeno demonstrou reduzir significativamente os riscos de câncer de próstata, mama, cólon, pulmão e endométrio.

Ao todo, entre o potencial antioxidante da vitamina C, as propriedades anti-tumorais da melancia ajudam a combater o câncer. A melancia é uma ótima fruta anticancerígena!

Cura a Impotência:

Arginina, presente na melancia, é benéfica na cura da disfunção erétil, e a natureza estimulante do produto químico pode aumentar a libido, reduzir a frigidez e dar a sua vida amorosa um novo começo depois de desfrutar de algumas fatias de melancia juntos.

Ajuda a tratar a inflamação:

Outro composto primário encontrado nas melancias é o licopeno, que tem grandes benefícios. Em um estudo americano, verificou-se que o licopeno exibia propriedades anti-inflamatórias. Entre os diferentes carotenoides, o licopeno é considerado o melhor. De fato, os efeitos benéficos do licopeno para a inflamação são considerados ainda melhores que o beta-caroteno, um importante carotenoide.

Impede a Asma:

Graças ao licopeno, novamente! Sendo um dos principais antioxidantes, o licopeno ajuda na reação do corpo ao frio e à gripe. E o que é mais interessante é que este antioxidante na melancia, foi encontrado para reduzir as crises de asma em crianças.

A melancia também permite que as pessoas que têm asma respirem adequadamente, sem que precisem respirar em pânico.

Cuidados ao Consumir a Melancia:

Quantidades moderadas de melancia não apresentam riscos sérios à saúde. Mas o consumo excessivo pode elevar os níveis de certas vitaminas no corpo, o que pode causar complicações.

Comer melancia demasiadamente, pode causar sintomas como diarreia ou desconforto gastrointestinais. Alimentos contendo licopeno, como a melancia, também podem produzir esses sintomas. Estes sintomas só são normalmente vistos quando a ingestão excessiva é de suplementos, não de alimentos.

Maleficios da Melancia
Malefícios da Melancia

Os níveis de potássio são outra consideração, o consumo elevado desse nutriente pode levar a complicações, como hipercalemia, que causa um ritmo cardíaco anormal e pode ser perigoso. Mais uma vez, as complicações são mais frequentemente devido ao consumo excessivo de suplemento. No geral, a melancia pode ser consumida com segurança e com pouco risco.

Malefícios da Melancia:

Certos efeitos colaterais do consumo excessivo de melancia incluem:

Distúrbios Intestinais:

Como vimos, a maioria dos benefícios da melancia pode ser atribuída ao licopeno. E o mesmo composto também pode causar efeitos colaterais se o fruto for consumido em excesso. Overdose de licopeno pode causar náuseas, vômitos, indigestão e diarreia.

Hipercalemia:

O consumo excessivo de melancia pode resultar em hipercalemia, uma condição médica em que os níveis de potássio estão acima do normal. Isso pode levar a problemas cardiovasculares como batimentos cardíacos irregulares e pulso fraco.

Reações Alérgicas:

Certos indivíduos podem desenvolver reações alérgicas às melancias. Estes podem incluir erupções leves a graves e inchaço facial.

Melancia é uma ótima pedida especialmente durante os verões. Nenhuma dúvida sobre isso. Seu alto teor de água faz com que seja uma arma forte contra a insolação e outros problemas relacionados.

O Site horta em casa agradece por poder informar e formar pessoas em conhecimento sobre as diversidades dos alimentos (frutas, legumes, etc…) e de como planta-los.

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

Alan costa

Sou formado em Botânica e Ciências das Plantas pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul, sou um amante da vida natural, é focado em sempre levar boas informações aos leitores.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *