Horta em Casa

Como Prevenir Pragas e Doenças na Planta de Limão

Como Prevenir Pragas e Doenças da Planta de Limão

Como Prevenir Pragas e Doenças na Planta de Limão e conservar seus frutos, pois as plantas e flores que compõem o nosso jardim e horta determinam a sua beleza. A atmosfera que pode criar suas cores e aromas é uma qualidade que temos que manter, mantendo-as saudáveis.

Mas, estando expostos ao exterior, sofrem as inclemências do tempo, pragas e doenças, que devemos evitar sempre que possível.

As árvores, embora pareçam mais resistentes, também são vulneráveis a infecções que as tornam fracas e até mesmo causam a sua morte. Se você tem uma planta de limão que não fornece frutos, certamente já se perguntou, por que seu limoeiro não dá limões?

como prevenir pragas

Portanto, nós aqui do site horta em casa selecionamos algumas informações importantíssimas sobre Como Prevenir Pragas e Doenças na Planta de Limão e ressaltamos que, depois de saber dessas informações e aplica-las você terá um belíssimo cultivo em sua casa.

Então procure manter sua planta de limão saudável e cuide do seu limoeiro, conhecendo seus problemas mais comuns e aprendendo como evitá-los.

Como Prevenir Pragas e Doenças na Planta de Limão:

1. Pragas citros Minador:

É um microlepidoptero da família da Gracillaridae. Ataca as folhas jovens reduzindo o crescimento da árvore e sua colheita, além disso, as folhas e os novos brotos morrem.

Pragas citros Minador

O vento, altas temperaturas e umidade favorecem a sua proliferação. As plantas mais propensas a serem danificadas são aquelas dos viveiros, os limoeiros molhados e qualquer um que esteja no estágio de florescimento.

Além disso, caso isso ocorra você terá que reduzir o número de brotos para controlar o número de pragas. Contudo, se o número de larvas por folha for muito grande, use os produtos químicos recomendados para a desinfecção.

2. Pulgões:

Pulgões

Eles enfraquecem a planta, se a infecção é generalizada. Os produtos químicos utilizados para erradicar estas pragas devem ser escolhidos corretamente de acordo com a gravidade do contágio.

Além disso, tenha bastante cuidado porque existem ácaros (fitoseides) que naturalmente cuidam da sua erradicação, e você poderá mata-los.

3. Chinchilas: 

Chinchilas

Eles danificam toda a planta porque absorvem a seiva da árvore. Vivem nas folhas, nos galhos e, em menor escala, nos frutos.

Devido a sua alta mortalidade, geralmente não é um problema sério, mas se não for suficiente, será necessário usar tratamentos específicos para sua erradicação.

4. Ácaro: 

Ácaro

Também se alimenta da seiva. Deforma as folhas e flores e reduz o seu crescimento junto com o dos frutos, que permanecerão pequenos. O tratamento deve ser realizado durante o período de floração, sendo que os produtos químicos mais adequados são: Bromopropilato ou Piridafention.

5. Traça citrinos:

Traça citrinos:

Eles estão presentes durante todo o ano, mas vamos encontrá-los especialmente na primavera e no outono. Eles se alimentam dos órgãos da flor até que elas morram e os novos frutos também.

Os brotos jovens também são afetados. Os materiais químicos e a proporção em que devem ser aplicados são: flucitrinato (10%), tau-fluvalinato (24%) e isoxation (50%). Todos eles concentrados e emulsionados.

6. Doenças citros nematóide das Frutas Cítricas:

Doenças citros nematóide

Reduz o número e tamanho das frutas, causando uma depressão na planta, embora não a mate.

O nematóide é introduzido pela raiz, que absorve seus ovos. Existem fungos, bactérias e outros organismos vivos que o destroem. Se for necessário iniciar um tratamento químico, é aconselhável fazê-lo antes e depois do plantio.

Para evitar que a planta sofra estresse e colaborar com seu crescimento, a irrigação por gotejamento ou o uso de água limpa são fatores que ajudarão a manter as plantas saudáveis.

7. Gomosis:

Gomosis

É uma doença que causa a podridão da árvore: tronco e raízes . A área afetada escurecerá e desidratará até que a seiva não possa drenar essa área e a mesma seque, como é o caso das raízes e galhos infectados.

As folhas ficam amarelas e sua forma pontiagudas, os botões são fracos e seus frutos são pequenos.

A casca do tronco se separa e uma substância pegajosa é produzida em torno dele. A umidade favorece essa decomposição que ocorre, às vezes, em uma camada de mofo branco.

Para evitar o apodrecimento, é importante evitar o excesso de umidade. Assim, é importante garantir que a água da chuva não estagne ou separe bem os sprinklers quando realizar a rega.

Além disso, tome cuidado para não danificar a planta quando trabalhar com ela, procure assegurar que a terra seja solta para as raízes crescerem sem problemas, além de evitar mudanças bruscas, como passar de um período de seca para outro de irrigação abundante.

Se você não tiver escolha, a não ser submeter a planta a um tratamento químico, use um fungicida e espalhe-o por toda a área afetada para evitar que qualquer fungo fique vivo.

8. Alternaria alternada:

Alternaria alternada

Necrosa folhas, frutos e os caules da planta quase que completamente. Os limões chegam a apresentar manchas pretas e, uma vez infectados, acabam caindo da árvore.

Um fertilizante muito agressivo (excedendo o nitrogênio, por exemplo) ou podas inadequadas tornam a árvore mais vulnerável. Sendo assim, procure remover as partes afetadas e, se isso não for suficiente, procure auxilio de remédios químicos (embora não seja essa a melhor opção, porém é necessário quando não há mais alternativas orgânicas).

9. Vírus da tristeza: 

Vírus da tristeza

Também chamado de ‘Citrus sadness virus’ (CTV), causa uma das doenças mais graves. Gradualmente a árvore perde volume, as folhas e ramos secam, a quantidade de fruta diminui, a sua cor também se desvanece (mais pálida) e finalmente a árvore morre.

O pulgão marrom e o algodoeiro são responsáveis por esta doença. Existe uma técnica, Elisa, que é usada para reconhecer e controlar os vírus CTV.

Em certas ocasiões, é combinada com malhas anti-pulgões que permitem a germinação das plantas, sem a presença dos pulgões.

Veja no vídeo mais detalhes de Como Prevenir Pragas e Doenças na Planta de Limão! 

O Site horta em casa agradece por poder informar e formar pessoas em conhecimento sobre as diversidades dos alimentos (frutas, legumes, etc.) e de como plantá-los.

Além disso, espero que coloque em prática tudo que você aprendeu nesse artigo que ensina Como Prevenir Pragas e Doenças na Planta de Limão.

Sair da versão mobile