Como plantar

Como Plantar Pereskia Bahiensis

Como Plantar Pereskia Bahiensis é a dúvida de muitos, pois, a pereskia bahiensis é uma planta com lindas flores na cor rosa que encanta qualquer pessoa.

Hoje o nosso site horta em casa mostrará em detalhes como você pode ter essa planta maravilhosa em sua casa sem ter que comprá-la, ou seja, plantando em sua própria residência.

No entanto, antes de mostrarmos o passo a passo de como plantar pereskia bahiensis em casa, conheça mais sobre essa maravilha da natureza.

como plantar pereskia bahiensis
como plantar pereskia bahiensis

Curiosidades sobre pereskia bahiensis:

Quando você pensa na família dos cactos, provavelmente imagina plantas com flores temporária ou sem flores. Mas, a pereskia bahiensis é a grande exceção.

O gênero consiste em 9 espécies perenes diferentes, que se originam da Flórida, passando pelo Caribe, México e América Central, até o sul do Brasil na América do Sul.

Outros nomes comuns para pereskia bahiensis e suas espécies incluem:

  • Cacto maçã-folha;
  • Folha de cacto;
  • Videira limão;
  • Ore por nós;
  • Cacto rosa;
  • Cacto rosa cera;
  • Cacto rosa amarela.

Pereskia é um cacto primitivo e não suculento que não evoluiu para perder as folhas. Cada uma das areolas contém 2 a 3 espinhos, dando-lhe a aparência de uma suculenta se o frio do inverno deixá-la sem folhas.

Enquanto algumas espécies têm folhas douradas com um centro verde, outras têm amarelo-ouro com detalhes em pêssego.

Como plantar pereskia bahiensis:

Tamanho e crescimento:

A maioria das espécies de pereskia bahiensis tem um crescimento lenhoso e vertical de 3 a 6 metros, com algumas alcançando até 12 metros.

Alguns são mais parecidos com videiras, agarrando-se a superfícies com espinhos em forma de gancho.

As folhas crescem até 20 cm de comprimento e são perenes, mas podem cair em temperaturas quase congelantes. O crescimento é lento para variedades de folha dourada, mas moderado para outras espécies.

Floração e fragrância:

Dependendo da espécie, pereskia bahiensis cria flores individualmente ou em grupos de dois ou mais que variam de ¾ a 3 ”polegadas de diâmetro.

P. grandifolia, por exemplo, tem inflorescências de 10 a 30 grandes flores rosa. As panículas de P. aculeata contêm até 70 flores.

As flores de pereskia bahiensis lembram rosas selvagens e podem ser creme, laranja, rosa, roxo, vermelho, amarelo pálido ou branco.

Geralmente aparecem a partir de meados da primavera até o verão. Algumas espécies têm uma fragrância forte.

Luz e temperatura:

onde plantar pereskia bahiensis
onde plantar pereskia bahiensis

Ao contrário de muitas outras plantas em seu jardim, pereskia bahiensis requer sol pleno e não sofrerá queimaduras solares, mesmo sob luz solar direta intensa.

A falta de luz solar adequada fará com que as folhas fiquem verdes, o que é uma cor prejudicial à saúde para os membros desse gênero.

Essas plantas são tenras pela geada, mas podem suportar temperaturas que vão até o congelamento se forem mantidas perfeitamente secas e as raízes aquecidas. Idealmente, a planta deve ser cultivada nas zonas de resistência.

Regar e alimentar:

Durante a estação de crescimento (março a setembro), essas plantas devem ser regadas regularmente. Certifique-se de que o solo está bem drenado, pois mesmo breves períodos de água parada podem prejudicar as raízes.

No inverno, tente manter a planta praticamente seca, pois a geada pode causar danos, e tenha cuidado com a precipitação do inverno.

Em ambientes internos, uma umidade de 40% ou mais é recomendada e borrifar as plantas com frequência, tanto em ambientes internos quanto externos, é uma ótima maneira de simular seu hábito natural de crescimento.

Use um fertilizante balanceado para alimentar a planta mensalmente durante a estação de crescimento.

Solo:

Pereskia bahiensis tem um solo rico, orgânico e bem drenado. Uma mistura de envasamento de:

  • 2 partes de areia grossa;
  • 2 partes de turfa;
  • 1 parte de argila.

Tratamento e manutenção:

Pereskia bahiensis requer pouca ou nenhuma manutenção e pode ser ignorada por períodos de tempo sem prejudicar a planta. Pode ser podado ou modelado, se desejado.

Propagação da pereskia bahiensis:

Você pode colher as sementes de frutas maduras demais, limpá-las, secá-las e armazená-las para o plantio na primavera.

Use uma mistura igual de turfa e perlita para semear, mantendo a superfície úmida até a germinação 21 a 30 dias depois.

Os cortes do caule são outra opção, e os cortes podem ainda ser usados ​​para enxertia. Escolha caules jovens que começaram a endurecer para suas estacas.

Coloque-os em e / ou na mistura de turfa e perlita imediatamente e coloque em luz brilhante indireta. Demora aproximadamente 4 dias para as raízes começarem a crescer.

Pragas e doenças da pereskia bahiensis:

pereskia bahiensis
pereskia bahiensis

Como a maioria dos cactos, pereskia bahiensis foi projetada para ser resistente à seca, mas pode sofrer queda de folhas.

É bastante resistente a doenças, embora escama e cochonilhas em suculentas sejam um problema. Observe que os espinhos são pontiagudos, exigindo cuidados ao podar ou colher.

O Site horta em casa agradece por poder informar e formar pessoas em conhecimento sobre as diversidades dos alimentos (frutas, legumes, etc.) e de como plantar pereskia bahiensis em casa.

Além disso, espero que coloque em prática tudo que você aprendeu nesse artigo que ensina como plantar pereskia bahiensis em casa.

Alan costa

Sou formado em Botânica e Ciências das Plantas pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul, sou um amante da vida natural, é focado em sempre levar boas informações aos leitores.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verifique também

Fechar